Carregando...
Atos 3:19 - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, e envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.

Igrejas que Militam na Obra em Restauração

Participe de nossos cultos. Encontre uma Congregação mais próxima de você.

Carregando ...

Artigo - É necessário falarmos dos perigos e danos das falsas profecias.

É necessário falarmos dos perigos e danos das falsas profecias.

Muitas vezes as profecias são tidas como alguma coisa mística e intocada, mas pelo fato de ser necessário entendermos os perigos e danos que podem ser sofridos por crer em falsas profecias, irei ao longo deste artigo tentar abordar e responder vários questionamentos a respeito desse assunto.

Publicado em 29/01/2023 - 1568 Visualizações - 1 comentário

Objetivo:
Antes que haja alguma indagação em relação a crermos ou não em profecias, afirmo que sim, cremos em todas as palavras verdadeiramente vindas de Deus, cujo propósito por vezes é: exortar, corrigir, orientar quanto ao futuro às vezes usando o passado, trazer à tona algo oculto através de revelação, ou até mesmo dar esperança aos seus servos, de modo que se mantenham firmes quanto às suas promessas.   
Mas se faz necessário destacar que são muitas as pessoas que vivem desorientadas, desanimadas, sem motivação, em razão de em algum dia terem crido em mentiras que lhes chegaram como profecias, ou como palavras de orientações que estariam vindo de Deus, porém na verdade foram enganadas com palavras falsas, vindas de pessoas inconsequentes, muitas vezes movidas por interesses escusos,  ou até por terem “boas as intenções”, no entanto, foram pessoas que falaram de si mesmas,  sem qualquer unção ou autoridade vinda de Deus, geralmente o fizeram movidas pela emoção, sem considerar as consequências.
Em razão disso, abordaremos esse assunto muitas  vezes evitado, ou até mesmo negligenciado por alguns, para que possamos contribuir e tentar evitar que mais pessoas venham cair nesses engodos,  mas sejam livres de quaisquer enganações. 

Pontos para Reflexão:

Você realmente sabe o que é uma profecia?
Existe algum problema ou perigo em crer e ser norteado pelas profecias?
Em tua vida, você acha que já tomou decisões com base em alguma profecia em que acreditou?
Todas as profecias vêm de Deus?
É pecado duvidar de profecias ou questioná-las, o que a Bíblia diz sobre isso?
Quais são os possíveis danos que podemos ter por crer em falsas profecias?
Existem consequências para os falsos profetas?
 

O que realmente é uma profecia para nós os cristãos? Do que se trata?
Se procurarmos seu significado teremos o seguinte:
1. predição do futuro, que se crê de inspiração divina; vaticínio.
2. predição feita por indivíduo que pretende saber ler o futuro; previsão.
Nos significados diz que se trata de uma predição do futuro, ou seja, dizer algo que acontecerá no futuro de forma prévia,  enfim, antes mesmo de acontecer, e esse também é nosso entendimento sobre o que é profecia.
Para os cristãos, as palavras que dizem sobre o futuro, ou seja, as profecias, só tem validade se tiveram mesmo origem em Jesus Cristo, o Deus Verdadeiro, seja as que vieram Dele de forma direta, ou usando de seu vasos, sendo esses os profetas como Moisés, Daniel, João, etc. ou pessoas à quem deu o dom de profecia.
Podemos ressaltar e dizer forma categórica que a Bíblia é a maior profecia desde sempre, pois além de explicar a origem da humanidade, e mostrar os propósitos de Deus para seu povo, fala também de seu futuro aqui na terra e para eternidade.
É bom também destacar que cada vez mais vemos documentários, até mesmo daqueles canais que sempre estiveram empenhados em contradizer ou colocar dúvidas nos fatos narrados na Bíblia, ora os colocando como fantasias, ora tentando desacreditá-los, mas muitos desses, hoje tem reconhecido a veracidade bíblica, quanto ao passado que nos é apresentado por ela. Diante disso, podemos fazer a seguinte pergunta: Sendo tudo verdade o que consta na Bíblia quanto aos fatos passados, deixaria Deus de cumprir suas profecias ditas a seu povo, quanto ao futuro glorioso que foi prometido por Ele?

Existe algum problema ou perigo em crer e ser norteado por profecias?
A resposta é muito simples, se forem apenas palavras vindas da vontade humana como forma de direcionamento, consolo, etc., enfim, oriundas de falsos profetas, é certo que quem vive debaixo de tais orientações falsas, ou recebem consolos mesmo nos momentos em que deveriam estar sendo corrigidos, com certeza quem se mantém nessas condições geralmente está em perigo, e corre risco, pois tais pessoas não estariam sendo guiadas por Deus verdadeiramente,  mas por falsas profecias,  ou seja,  vivem na mentira,  e se deixam levar por elas, e é bom que se diga que uma vida de mentira traz sempre suas consequências.
Mas se outro lado forem de fato profecias vindas de Deus, não existe problema alguma, pois Ele é fiel para cumprir, assim como tem cumprido tudo desde sempre, e é o que está em sua Palavra: “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?” Números 23:19. 

Em tua vida, você acha que já tomou ou toma decisões com base em alguma profecia em que acreditou ou acredita?
Dependendo de quem você for, talvez diria que nunca tomou decisões com base em profecia, mas eu ouso dizer que sim, obviamente que nesse caso me a refiro incentivos que outros costumam dar em relação ao futuro, porém alguns a tem como verdade, considerando como se fosse uma verdadeira profecia.
Sabe àquelas palavras que são usadas para motivar as pessoas e incentivá-las a continuarem seu curso?
São várias como por exemplo:
No fim tudo vai dar certo, morreu acabou, viva intensamente o hoje sem se preocupar com o amanhã etc.
O que quero destacar aqui é o fato de muitas pessoas levarem suas vidas, e tornarem decisões com base apenas nessas frases de efeito, que em sua maioria não passam de palavras vazias, com o propósito apenas de motivar, e claro que consequentemente terão qualquer efeito, se princípios não forem obedecidos e levados em consideração. Exemplos não faltam,  vamos citar alguns: Como alguém que não tem apreço pelo estudo por se formar de forma séria em alguma coisa, com o conhecimento necessário e se dar bem?  Como alguém que não preocupação com o trabalho pode prosperar em alguma coisa? Como fazer tudo errado pode levar a algo certo? Como ser feliz e obter Salvação se não andar nos Caminhos de Jesus Cristo obedecendo a sua Palavra?  Esses só são alguns exemplos de que os princípios e meios são importantes para que se chegue a um fim satisfatório.
Não podemos deixar de salientar aqui que há também os que vivem de falsas profecias, vivem de mentiras, pois muitas vezes alguém se passando por enviado de Deus, enganam e levam muitos a situações invejáveis, geralmente os que não compromisso com as Verdades da Bíblia, sendo assim é necessário refletir, se as atitudes que se tem, são tomadas com base em algo sólido, confiável?  E quanto ao futuro está mesmo garantido, onde se pretende chegar?
Viver agradando a Deus tem suas exigências, seus princípios os quais precisam ser conhecidos através de sua Palavra.

Todas as profecias vêm de Deus?
Resposta simples e direta, se todas as profecias viessem de Deus, ele mesmo não nos teria advertido os seus servos, veja: “E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.” Mateus 24:11.
Quando observamos com atenção, percebemos que o problema é pior do que se imagina, pois foi dito que surgiriam “muitos” falsos profetas, se fosse surgir poucos já seria um problema, pois mesmo se fossem poucos os falsos, muitos optariam por segui-los, visto que a maioria prefere se desviar da verdade, mas sendo muitos falsos profetas, os que os seguem é de um número incalculável, e precisamos nos atentar para não cair nas ciladas do inimigo das nossas almas, pois o propósito dele é enganar mesmo.

É pecado duvidar de profecias ou questioná-las, o que a Bíblia diz sobre isso?
Para responder essa pergunta precisaremos nos amparar na própria Bíblia que é a maior das profecias, então veja: “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.” 1 João 4:1.
Com base nas instruções bíblicas podemos afirmar de forma categórica que não é pecado duvidar de profecias, nem tão pouco questioná-las, visto que muitos falam de si mesmo.
Já vi muito falso profeta usando a Bíblia para se amparem e querem se colocarem acima do bem e do mal, e em alguns casos repetindo textos como: “Não toquem nos meus ungidos, nem maltratem os meus profetas.” 1 Crônicas 16:22.
A questão maior aqui é quanto a falsa profecia, sendo assim, não creio que valha a pena querer oprimir ou mesmo maltratar os que pensamos ou temos certeza de que são falsos profeta, o mais prudente é deixá-los nas mãos de Deus, pois será à Ele que prestarão conta, quanto a nós, basta que ignoremos suas mentiras, e sigamos fortes nos caminhos do Senhor, sem permitir que essas pedras de tropeços nos atrapalhem.
Vemos também sábios conselhos vindo de Paulo, como “Não extingais o Espírito, Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem.” 1 Tessalonicenses 5:19-21.
Para que não haja confusão, precisamos deixar claro que aqui Paulo está até estimulando que os servos de Deus não inibam ação de seu Espírito em suas vidas, ou seja, que se permitam ser usadas por Ele como vasos de bençãos.
Foi dito também para que não se desprezasse as profecias, é bom entendermos que aqui se trata das verdadeiras profecias, ou seja, as vindas de Deus realmente,  e não das mentiradas oriundas da carne e dos corações enganosos dos falsos profetas.
Por fim temos a orientação de ouro, que é para retermos o que é bem, sendo assim, tudo que é mal ou possa nos causar mal, deve ser descartado.

Quais são os possíveis danos que podemos ter por crer em falsas profecias?
Não é possível medir os danos, pois são inimagináveis,  porém os casos maios comuns são: frustações, perda da fé e em alguns casos até mesmo podendo ter depressões por estar esperando o cumprimento de algo que não veio de Deus.
Tiveram aqueles cujos parentes viveram com a esperança e debaixo das falsas palavras de pessoas inconsequentes, que lhes disseram que as tais veriam e viveriam a situação A ou B em suas vidas, mas as viram morrer sem vivenciar a profecia falsa, e em função desses acontecimentos simplesmente perderam a fé em Deus, todavia a revolta deveria ser com as falsas profecias, não com aquele que realmente usa seus vasos proféticos quando necessário.
Houve uma situação que para mim foi muito chocante, no caso, o fato de uma jovem ter tentado tirar sua própria vida, pois estava desanimada por ver uma parente constantemente sendo maltratada por outro da família, devido a problemas com bebidas e outras malignidades, pois havia uma “promessa”, uma “profecia” de que um dia esse parente iria para os caminhos do Senhor.
Imaginemos a frustação dessa jovem, aguardando o cumprimento dessa palavra que um dia ouviu falar por alguém, que com certeza não mediu as consequências, e vale lembrar que os falsos profetas são sempre inconsequentes, não levam em consideração os estragos que podem causar na vida dos outros.
Nos coloquemos no lugar dessa pessoa que vivenciou tanto sofrimento, e ainda assim aguardava o cumprimento de uma mentira, sem sombra de dúvidas essas coisas só pioram, por isso não podemos nos deixar ser enganados.
Se me perguntarem se eu creio que ainda esse senhor pode chegar ao arrependimento e se tornar alguém melhor, a resposta é sim, mas não porquê alguém algum dia alimentou essa esperança com falsa profecia, mas porque creio no poder transformador de Jesus, o qual faz como quer e não deve explicações a ninguém. 

Existe consequências para os falsos profetas?
Para podermos entender e eu poder continuar e embasar esta abordagem, primeiramente vamos ler o texto do capítulo 13 do Livro do Profeta Ezequiel, o qual nos servirá de guia.
Leia Ezequiel 13:1-23:  

“E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Filho do homem, profetiza contra os profetas de Israel que profetizam, e dize aos que só profetizam de seu coração: Ouvi a palavra do Senhor;
Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos profetas loucos, que seguem o seu próprio espírito e que nada viram!
Os teus profetas, ó Israel, são como raposas nos desertos.
Não subistes às brechas, nem reparastes o muro para a casa de Israel, para estardes firmes na peleja no dia do Senhor.
Viram vaidade e adivinhação mentirosa os que dizem: O Senhor disse; quando o Senhor não os enviou; e fazem que se espere o cumprimento da palavra.
Porventura não tivestes visão de vaidade, e não falastes adivinhação mentirosa, quando dissestes: O Senhor diz, sendo que eu tal não falei?
Portanto assim diz o Senhor DEUS: Como tendes falado vaidade, e visto a mentira, portanto eis que eu sou contra vós, diz o Senhor DEUS.
E a minha mão será contra os profetas que vêem vaidade e que adivinham mentira; não estarão na congregação do meu povo, nem nos registros da casa de Israel se escreverão, nem entrarão na terra de Israel; e sabereis que eu sou o Senhor DEUS.
Porquanto, sim, porquanto andam enganando o meu povo, dizendo: Paz, não havendo paz; e quando um edifica uma parede, eis que outros a cobrem com argamassa não temperada;
Dize aos que a cobrem com argamassa não temperada que ela cairá. Haverá uma grande pancada de chuva, e vós, ó pedras grandes de saraiva, caireis, e um vento tempestuoso a fenderá.
Ora, eis que, caindo a parede, não vos dirão: Onde está a argamassa com que a cobristes?
Portanto assim diz o Senhor DEUS: Fendê-la-ei no meu furor com vento tempestuoso, e chuva de inundar haverá na minha ira, e grandes pedras de saraiva na minha indignação, para a consumir.
E derrubarei a parede que cobristes com argamassa não temperada, e darei com ela por terra, e o seu fundamento se descobrirá; assim cairá, e perecereis no meio dela, e sabereis que eu sou o Senhor.
Assim cumprirei o meu furor contra a parede, e contra os que a cobriram com argamassa não temperada; e vos direi: Já não há parede, nem existem os que a cobriram;
Os profetas de Israel, que profetizam acerca de Jerusalém, e vêem para ela visão de paz, não havendo paz, diz o Senhor DEUS.
E tu, ó filho do homem, dirige o teu rosto contra as filhas do teu povo, que profetizam de seu coração, e profetiza contra elas,
E dize: Assim diz o Senhor DEUS: Ai das que cosem almofadas para todas as axilas, e que fazem véus para as cabeças de pessoas de toda a estatura, para caçarem as almas! Porventura caçareis as almas do meu povo, e as almas guardareis em vida para vós?
E vós me profanastes entre o meu povo, por punhados de cevada, e por pedaços de pão, para matardes as almas que não haviam de morrer, e para guardardes em vida as almas que não haviam de viver, mentindo assim ao meu povo que escuta a mentira?
Portanto assim diz o Senhor DEUS: Eis aí vou eu contra as vossas almofadas, com que vós ali caçais as almas fazendo-as voar, e as arrancarei de vossos braços, e soltarei as almas, sim, as almas que vós caçais fazendo-as voar.
E rasgarei os vossos véus, e livrarei o meu povo das vossas mãos, e nunca mais estará em vossas mãos para ser caçado; e sabereis que eu sou o Senhor.
Visto que entristecestes o coração do justo com falsidade, não o havendo eu entristecido; e fortalecestes as mãos do ímpio, para que não se desviasse do seu mau caminho, para conservá-lo em vida.
Portanto não vereis mais vaidade, nem mais fareis adivinhações; mas livrarei o meu povo da vossa mão, e sabereis que eu sou o Senhor.”

No texto acima tem todo o conteúdo do capítulo 13 de Ezequiel, mas a resposta para a pergunta está aqui: “Portanto assim diz o Senhor DEUS: Como tendes falado vaidade, e visto a mentira, portanto eis que eu sou contra vós, diz o Senhor DEUS.  E a minha mão será contra os profetas que vêem vaidade e que adivinham mentira; não estarão na congregação do meu povo, nem nos registros da casa de Israel se escreverão, nem entrarão na terra de Israel; e sabereis que eu sou o Senhor DEUS.” Ezequiel 13:8,9.

Sabemos que Deus não deixa impune os que induzem e levam seu povo ao engano, e nesse texto fica explícito que àqueles que dizem Deus diz, isso ou aquilo, quando na verdade Ele não o disse, esses não ficarão sem receber a devida correção, e não temos noção de quão grandes e terríveis podem ser as consequências aos falsos profetas, mas vale reforçar que os tais atraem a ira de Deus contra si, e se faz necessário também relembrar o texto que diz: “Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo.” Hebreus 10:31.
Quando observamos o livro de Ezequiel podemos ver quais foram as consequências daqueles que falsamente falaram como se Deus os enviassem, não somente a eles, mas aqueles que ignoraram o verdadeiro profeta de Deus.

 

Considerações Finais.
Não resta dúvidas de que Deus até o dia de hoje continua verdadeiramente usando seus vasos proféticos, para que possa manter viva a esperança da salvação e manter seus servos firmes em seu caminho, essa é uma verdade, e sabemos que não é apenas o dom de profecia, mas dons diversos ele tem dado aos que o buscam com sinceridade, pois como vemos está escrito: “Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens. “Efésios 4:7,8.

Os servos de Deus precisam estar constantemente vigilantes, pois como vimos acima na referência em Ezequiel , que existem os que falam segundo o seu coração, e não sendo de verdade usados por Deus, e as consequências são inevitáveis, tanto aos falsos profetas, quanto aos que se deixam guiar por eles.

Que Deus continue abençoando grandemente tua vida, e possas seguir firme, sabendo que aquilo que verdadeiramente Ele fala através de seus vasos, Ele o cumprirá, e nós aguardamos o Cumprimento da Grande Promessa, sendo essa O Dia em que todos nós estaremos juntos Dele,  e Lá não haverá dor, sofrimento,  ou quaisquer coisas ruins que nos acontecem aqui na terra, mas alegria e adoração constante a Ele, Jesus Cristo, Único Deus e Senhor, que  Vive e Reina para todo sempre, amém.

 

 
 
 
 
 

Deixe seu comentário

Preencha os campos abaixo para comentar

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite seu comentário
Igrejas que Militam na Obra em Restauração 2024 - Todos os Direitos Reservados