Carregando...
Atos 3:19 - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, e envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.

Igrejas que Militam na Obra em Restauração

Participe de nossos cultos. Encontre uma Congregação mais próxima de você.

Carregando ...

Artigo - O que é necessário para alcançarmos o que Deus tem para nossas vidas?

O que é necessário para alcançarmos o que Deus tem para nossas vidas?

O Salmos 90, é uma oração do Profeta Moisés, veja que ensinamento glorioso, o qual vai totalmente de encontro com os ensinamentos do Apóstolo Paulo em Romanos 12:1,2. Pois só com um coração sábio seremos levados a renovação do nosso entendimento. Este artigo visa abrir nosso entendimento sobre o que é necessário para alcançarmos o que Deus tem para nossas vidas. “Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando. Quem conhece o poder da tua ira? Segundo és tremendo, assim é o teu furor. Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:10-12”

Publicado em 31/12/2020 - 644 Visualizações - 1 comentário

Este artigo visa abrir nosso entendimento sobre o que é necessário para alcançarmos o que Deus tem para nossas vidas.

Introdução.

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:1,2”.

Não há sombra de dúvidas de que todo dia 01 de janeiro sempre dá início a um novo ano no nosso calendário, mas isso poderia garantir que algo realmente novo aconteça em nossas vidas?

Mas qual o significado real deste acontecimento, que diferença faz, como o novo acontece?

Uns aproveitam o dia anterior para refletir suas ações, os mais emotivos até choram quando lhes vem a memória algo tocante, muito embora a grande maioria fique apenas na torcida para que seja realmente  um ano novo, e o fazem sem nenhuma determinação de mudança de fato, ou acerto do curso da vida.

O propósito aqui não é ser pessimista, nem tampouco ser contrário a qualquer anseio de algo novo, mas sim tornar evidente que para ocorrer qualquer mudança, nós precisaremos mudar primeiro.
É normal sentir esse desejo de que as coisas tomem outro rumo, principalmente quando as elas não estão bem, e a vontade de cada um geralmente se intensifica com a chegada de um novo ano. Alguns chegam a pensar que as novidades tanto desejadas virão de qualquer jeito, e acontecerão como que em um passe de mágica. Seriam assim mesmo?

Para experimentar o novo, é requerido Adoração e Santidade a Deus.

A santidade mencionada diz respeito a dedicação a Ele, com boas ações ao próximo em demonstração do amor divino, bem como com a não exibição do corpo, não haver lascívia, enfim o corpo deve estar digno para o Deus que é o Santo dos Santos, sem qualquer referência a sensualidade, pois os que servem o Senhor Jesus devem ser diferentes, mostrando a diferença em si mesmos.

O apóstolo Paulo em Romanos 12 começa primeiro rogando, ou seja, implorando para que adoremos a Deus, apresentando a ele cultos racionais com  nossos corpos em sacrifício vivo, e que seja santo e agradável.
Cultos racionais, são cultos com entendimento, onde estamos cientes de tudo o que está acontecendo, ninguém estaria fora de si, nem descontrolado, fazendo qualquer desordem, bagunça ou algazarras.
É dito também que precisa ser santo e agradável. Bem, nesse quesito alguém poderia ficar na dúvida se a santidade deveria estar no corpo ou no culto, a resposta é que corpo deve ser santo para que o culto consequentemente também seja, e dessa forma os dois, corpo e culto seriam santos, principalmente pelo fato de Nosso Deus, Jesus Cristo ser Santo e exigir santidade em toda maneira de viver.

Para que se experimente, ou seja, para alcançarmos a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus, exige-se renovação de entendimento, e viver a vida na contramão do mundo.

Paulo fala para que não nos conformarmos com este mundo, e sermos transformados pela renovação do nosso entendimento. Sendo este um pré-requisito para que experimentemos qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Percebemos pelo texto que se quisermos alcançar o Novo que Deus tem para todos nós, precisamos começar com a não aceitação, ou o não conformismo, em relação a situação deste mundo que vai de mal a pior, juntamente com a renovação do nosso entendimento. Tudo isso deve acontecer em nossas mentes, a qual tem o poder de desencadear a ações que são executadas pelos nossos corpos.

Confusão do real sentido de ter a mente e o entendimento renovado.
Alguns consideram ter a mente renovada quando se abrem para as ofertas e condições impostas pelo mundo, porém na verdade estão na contramão das instruções bíblicas, as quais nos orienta a não nos conformar e renovar nosso entendimento. Isso implica em estar aberto não para as imposições mundanas, e sim às novidades que Deus quer fazer em nossas vidas, nos levando naturalmente a abrir mão de qualquer padrão contrário aos desejos do Nosso Senhor, e a aceitação do Novo, seguindo e obedecendo os termos de santidade definidos por Ele.


Sabemos que todos os dias são feitos por Deus, para que nos alegremos e fiquemos felizes neles, pois as misericórdias do Nosso Senhor Jesus, são a causa de não sermos consumidos por este mundo enganador, e se renovam a cada manhã. Diante disso, nossas mentes devem estar apercebidas a cada manhã, para que nosso entendimento esteja alinhado com os desejos de Deus, afim de termos a compreensão do porquê de mais um dia ter sido confiado à nós, e o que deveremos fazer em cada um deles, estando sempre diante de sua vontade.

A realização dos nossos desejo em relação aos outros, dependerá das decisões e ações deles.


Festas são realizadas, discursos de desejos que o ano vindouro seja repletos de bênçãos são externados, porém vale lembrar que o desejo dos outros em relação a nós, quando verdadeiros, podem no máximo nos deixar empolgados, animados, no entanto, existe uma enorme distância entre o desejar e o tornar realidade.
É óbvio isso não pode nem deve nos impedir de desejar o melhor ao nosso próximo, mesmo sabendo que a realização desses desejos dependerá da postura de cada um, frente às decisões que precisarão tomar a cada momento de suas vidas.

O tempo é precioso, passa rápido e não espera ninguém, e saber aproveitá-lo é a única forma de sermos vitoriosos em qualquer área.

A realizações dos sonhos, as conquistas de cada um, dependerá de como utilizarão o tempo que lhes é concedido, pois à todos é dado 24 horas todos os dias, e aproveitar cada segundo dessas horas, será o que determinará a vitória ou o fracasso.

O que temos feito com o tempo que Deus nos tem dado?

Quando pensamos no que ocorreu ao longo dos 365 dias e 6 horas de vida que nos foi confiado por Deus, qual a sensação?  Fizemos valer a pena para ele?
Nossas conquistas pessoais sem dúvida poderia nos alegrar, e não tem problema nessa alegria, mas elas contribuíram também em algo para o Reino de Deus, em quê?

Porquê Deus nos dá tanto tempo, e permite vivermos cada dia?

Se fôssemos olhar de um ponto de vista egoísta, poderíamos chegar à conclusão de que o tempo é nosso, e foi à nós concedidos apenas para realizarmos nossos desejos, conquistar nossos sonhos.
Mas quando olhamos para Palavra de Deus, a qual mostra Deus vindo toda virada da tarde para conversar e ter contato com Adão e Eva no paraíso, depois de lhes ter permitido o dia todo. Entendemos que o desejo principal do Nosso Senhor é que aproveitemos cada segundo de vida a nós concedido, colocando como foco central o seu Reino, pois deveremos prestar conta desse tempo à Ele.

Veja o que nos diz o texto da Palavra de Deus abaixo:

“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?

E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?

E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;

E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?

Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?

Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. Mateus 6:25-34”

A texto acima, que nossa preocupação central não deve ser nossa vida terrena, mas o Reino de Deus, e isso vale até mesmo quando estamos trabalhando, e porquê trabalhamos, visto que tudo que temos não nos pertence, ou seja, a vida e tudo que temos  é de Deus,  e prestaremos conta dela à Ele, por cada segundo desperdiçado.

No link abaixo tem um estudo sobre do que se trata buscar primeiro o Reino de Deus:
"buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça...", como entender?


Não podemos nem devermos esperar findar o ano para refletir sobre o tempo perdido.

Todos os dias necessitamos refletir se estamos vivendo o evangelho de Jesus Cristo, se estamos caminhando em conformidade com seus ensinamentos.
Precisamos nos questionar constantemente, a quantos ajudamos ao longo de um dia, uma semana, um mês ou um ano.

Temos sido exemplos para quantos?  
Para quantos temos pregado?  
Talvez a resposta para esta seja: “para muitos”, mas então caberia outra pergunta: Motivamos quantos a serem discípulos de Jesus? Pois muitas vezes pregar é simples, o difícil é viver o que pregamos.
Jesus nos instruiu não apenas a pregar, e sim a também fazermos discípulos: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações Mateus 28:19”

Porque muitos se angustiam no  último dia do ano?
É possível que muitos não se sintam motivamos a celebrar por ter chegado até o último dia do ano, e as razões são variadas.
Entendemos que em razão das frustações, das perda e até mesmo de desesperança, tantos são os que não veem motivos de comemoração.

Mas e se esses olhassem para si? E atendando lá para o vazio, sim para o lugar que deveria estar preenchido com o Deus da consolação, o Espírito consolador, o Príncipe da Paz, e se permitissem ser preenchidos com a paz desse Deus verdadeiro?
Tenho certeza de que a situação seria totalmente diferente, pois JESUS mesmo disse: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. João 14:27”.
Bem esta atitude faria com que vissem novas possibilidades, independente do que ocorreu com eles o em volta deles em todo o ano que se finda. Veriam que ainda há chance e oportunidade de fazer tudo se tornar novo.

O 01 de Janeiro pode ser um ano novo realmente para você?
Esta resposta não depende dos outros, e sim do quanto desejas de fato a mudança.

Quando poderíamos experimentar um ano com tudo novo?

A entrada no dia 01 de Janeiro pode com toda certeza  ser sim um Ano Novo, e para isso se faz necessária a toma de decisão, a maior e mais acertada decisão de qualquer pessoa, a qual consiste em decidir não estar mais sozinho, não lutar mais sozinho, abandonar a vida de pecado e de atos impensados, ter a vida transformada, renovada.
Esta atitude dará a certeza de que o tempo todo a pessoa estará amparada e guardada pelo Único Deus, Jesus Cristo, o Soberano Senhor da Criação, que nos criou para estarmos sempre juntos dele, prestando serviços ao seu Reino, pois ele mesmo disse para Josué, porém se aplica a todos nós, se assim o fizermos:  “Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei.

Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria.

Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Josué 1:5-7”

Precisamos mesmo esperar a mudança de calendário para mudar nossas ações e trazer o novo tão desejado?

Um Ano Novo real não depende apenas de mudança de data, mas sim de mudança de atitude, pois ao contrário será apenas mais do mesmo, um total desperdício de tempo.

A Palavra de Deus afirma que quando há arrependimento, conversão, transformação de vida, a pessoa dá a si mesma a oportunidade de renascimento, de começar novamente rumo a salvação eterna.

Pois é como está escrito: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;

Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. 2 Coríntios 5:17-19”

Sabemos que o dia 01 de janeiro para alguns não passa de uma transição de calendário.
Porém para outros, é como se realmente tudo fosse mudar do dia para noite.
Ao pensamento às vezes vem um desejo de que tudo mude mesmo, de uma forma simples.
Mas por que aconteceria? Qual seria nossa contribuição, e o quê aprenderíamos com isso?

A verdade é que para Deus há também uma contagem, e a cada dia estamos mais pertos de sua vinda, e ou ao fim da vida que ele nos concedeu, para o servirmos, e deveremos prestar conta de tudo que fizermos por meio do nosso corpo.
Para os que tem lavado suas vestes no sangue de Jesus, a cada virada de calendário é certeza de que se aproxima o grande encontro  desejado o Deus Salvador.
Aos que não estão firmes com Jesus, principalmente para os mais velhos, a cada ano chega, é aumentada ainda mais a dúvida e o medo quanto ao inesperado, porém certeiro grande e terrível dia do Senhor.

A decisão certa, é não decidir sozinho.
A mudança não acontece automaticamente na vida de ninguém, porque Nosso Deus concede a todos o direito de decidir o que será de suas vidas, sem interferência nas decisões.
É esperado das pessoas a decisão certa, a qual não precisa ser tomada sozinha, mas guiada pelo Espírito Santo de Deus,  para com isso consequentemente haver uma contribuição individual e também um aprendizado, para com o mesmo ser possível auxiliar aos outros em suas questões incertas. 

Precisamos ser ensinados a viver, seguindo as orientações da Palavra de Deus.


O Salmos 90, é uma oração do Profeta Moisés, veja que ensinamento glorioso.

“Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando.

Não desperdice seu tempo, Ano Novo se Começa com Vida Renovada

Quem conhece o poder da tua ira? Segundo és tremendo, assim é o teu furor.

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Salmos 90:10-12”

A vida é curta sim, porém precisamos sempre ser guiados por Deus para que possamos alcançar corações sábios, pois o temor de Deus é o princípio da sabedoria.


Que Deus venha falar fortemente ao seu coração, e sempre haja a transformação necessária a cada dia em todos nós, para constantemente estarmos vivendo o Novo de Deus em nossas vidas.

Deixe seu comentário

Preencha os campos abaixo para comentar

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite seu comentário
Igrejas que Militam na Obra em Restauração 2021 - Todos os Direitos Reservados