Carregando...
Atos 3:19 - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, e envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.

Igrejas que Militam na Obra em Restauração

Participe de nossos cultos. Encontre uma Congregação mais próxima de você.

Carregando ...

Artigo - O QUE É RESTAURAÇÃO?

O QUE É RESTAURAÇÃO?

O qual convém que o céu contenha até aos TEMPOS DA RESTAURAÇÃO de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio. Atos 3:21

Publicado em 29/10/2015 - 3118 Visualizações - 1 comentário

Para entendermos melhor sobre o sentido real desse termo RESTAURAÇÃO, é necessário um entendimento sobre o que é restaurar.

Quando analisamos a palavra restauração temos as seguintes definições:

  • Conjunto de atividades que visam restabelecer danos decorrentes do tempo em um bem imóvel ou móvel.
  • Ação ou efeito de restaurar; restauro.
  • Ação de recuperar e/ou reparar; conserto ou recuperação.
  • O trabalho que, realizado numa obra de arte ou de construção, faz com que suas partes deterioradas sejam restabelecidas.
  • Ação de restabelecer ou instituir novamente um regime político ou uma situação histórica já ocorrida.
  • Ação de fazer com que algo volte ao seu estado anterior; reconstrução.

Para que se faça uma restauração é necessário conhecer a obra original. Por exemplo, se formos fazer uma restauração de um quadro antigo, devemos conhecer como era, os detalhes dele, para fazê-lo voltar à sua forma original. Agora, trazendo isso para a Igreja, e para os tempos de restauração que vivemos hoje, precisamos ter consciência da nossa responsabilidade, e para fazermos parte desse trabalho, desse mover de Deus, de forma a alcançar os objetivos, é importante conhecermos a obra original, ou seja, como vivia a IGREJA PRIMITIVA, quais eram as doutrinas por ela pregadas, qual era à base do crescimento, enfim conhecer um pouco da história da Igreja.

Embora, quando falamos de restauração nos focamos no campo doutrinário, a restauração vai além, pois a marca da Igreja está também no poder, no amor, na unção, na autoridade, na oração, na união, etc.

Veremos alguns detalhes dessa Obra descritos em Atos 2:42 ao 47:

  • Perseveravam na doutrina dos apóstolos
  • Perseveravam na comunhão
  • Perseveravam no partir do pão
  • Perseveravam nas orações
  • Em toda a alma havia temor
  • Muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
  • Louvavam a Deus, e caia na graça de todo o povo.
  • E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Quando analisamos a história da Igreja, vemos que no decorrer do tempo essa Obra sofreu muitas deteriorações, pois após o período de perseguição, onde fez que a Igreja crescesse e se espalhasse, depois da morte dos apóstolos, tivemos uma tática maligna que fez com que a Igreja definhasse. A ação maligna foi no sentido de fazer acordo com a Igreja, e dizendo ser amigo da Igreja infiltrou heresias e fez com que a mensagem original fosse deixada de lado. Tendo começado com algumas coisas que pareciam insignificantes, como o bispo (termo do latim que é usado para a função de pastor em português) sendo chamado de papa no ano 304 D.C.. Parecia apenas uma questão de título, mas que abriram brechas para ação maligna. E depois disso podemos ver tantas mudanças, onde foi se deixando as doutrinas pregadas e vividas pelos apóstolos e profetas, e infiltradas heresias.

Nesse tempo, o Senhor Jesus tem levantado um povo para viver a restauração da Igreja, e satanás tem usado a mesma tática para tentar impedir. Por isso, quando se fala de zelo e santificação ouvimos as seguintes frases: “Isso é exagero, não precisa disso, isso ficou no passado, não tem importância, não faz mal, não tem nada a ver”, etc. Mas a pergunta é se você faz parte desse projeto de restauração que Deus levantou. Se fizer parte, responda: Tem perseverado nas doutrinas apostólicas, na comunhão (Lembrando que comunhão é participação em comum), no partir do pão, na oração, tem tido temor na alma, sinais e maravilhas têm acontecido, tem louvado a Deus (não se refere apenas em cantar e sim o louvor), tem sido conhecido e caído na graça no povo? O que é que falta para a restauração ser completada?

Apanhai-nos as RAPOSAS, AS RAPOSINHAS, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor. Cantares 2:15 Vamos ter cuidado para que nem raposinhas, ou coisas que parecem pequenas aos nossos olhos, falta de zelo na doutrina, falta de união ou amor, venha fazer mal a vinha que está florescendo, fazendo com que a identidade da Igreja seja danificada e falte o poder necessário no meio do povo, para que a restauração seja completa.

Guarulhos – SP
Pr. Wilson de Lima Salustiano
Mestre em Psicologia Pastoral

Deixe seu comentário

Preencha os campos abaixo para comentar

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite seu comentário
Igrejas que Militam na Obra em Restauração 2019 - Todos os Direitos Reservados