Carregando...
Atos 3:19 - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, e envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.

Igrejas que Militam na Obra em Restauração

Participe de nossos cultos. Encontre uma Congregação mais próxima de você.

Carregando ...

Artigo - Tenho de fato servido a Deus? Como? Em quê?

Tenho de fato servido a Deus? Como? Em quê?

O propósito deste estudo é nos levar a um questionamento sobre o real significado de servir a Deus, e nos impulsionar ao longo do mesmo, a fazermos uma auto avaliação de como temos sido na Obra do Senhor Jesus.

Publicado em 04/06/2020 - 1509 Visualizações - 0 comentários

Tenho de fato servido a Deus? Como? Em quê?

O propósito deste estudo é nos levar a um questionamento sobre o real significado de servir a Deus, e nos impulsionar ao longo do mesmo, a fazermos uma auto avaliação de como temos sido na Obra do Senhor Jesus.

Não é só isso.
Servir a Deus para muitos tem considerado como simplesmente fazer parte de uma religião, frequentar a congregação, assistir ao culto, cantando, pregarndo etc. e depois voltar para casa se sentindo com o dever cumprido, não levando em consideração a necessidade de comprometendo de fato com a causa do evangelho, cujo propósito é levar as boas novas, anunciar o Evangelho do Reino de Deus aos que estão de fora da congregação, longe da salvação.

O que é religião.
"A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo. Tiago 1:27"

Servir, não tem como foco  "ser visto", mas o "serviço" prestado a Deus, em sua Obra.
O significado da palavra servir tem sido confundido por muitos, pois a grande maioria a relaciona com "ser visto" e não com "serviço".
Servir a Deus não tem qualquer relação com ser notado, ser o destaque, ser o centro das atenções, mas seu real sentido é: "ser servo de", "estar a serviço de", "trabalhar para", enfim algo que demanda esforço de si mesmo.

Na contramão da verdade.
Vemos por exemplo nas congregações diversas, a existência de disputa por cargos, a maioria das denominações indo na contramão da verdade, independentemente do tamanho. Algumas inclusive usam cargos como moeda de troca, para "prender", "segurar" seus membros, pois muitos são os que que querem ser declarados como Pastor, Evangelista, Diácono, Porteiro, Músico, responsável por isso ou aquilo, enfim, qualquer posição que os façam se sentir útil.

A serviço de Deus.
Obviamente que não há problema algum em desejar atuar, ou seja trabalhar em qualquer posição que seja, no entanto sabemos que muitos não anseiam exercer o trabalho do ministério, mas sim serem venerados por estar na posição do "cargo A ou cargo B", o que é muito diferente de ser comprometido com o ministério designado.

Uma coisa é ser Pastor de fato, pois neste caso irá apascentar as ovelhas, velar por elas, como diz em Hebreus 13:17.
Outra coisa é desejar apenas o púlpito, querendo ser visto, notado, etc., sem se importar de fato como as ovelhas estão fora das quatro paredes, quais são suas necessidades, como se portam, se estão na obediência da Palavra de Deus, ou seja, se serão de fato salvas.

O mesmo vale para o ministério de Evangelista, pois este exige muito esforço para executar os trabalhos envolvidos.
O sentido da palavra evangelista refere-se àqueles que fazem o trabalho de evangelização, ou seja, anunciadores de boas novas como diz em Isaías 52:7: "Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus reina!". Por estas palavras percebemos a seriedade do ministério, e é impossível exercê-lo sem por exemplo, ir de casa em casa, visitar os hospitais, presídios, asilos, casas de restauração, etc.

Servir a Deus demanda empenho, esforço, trabalho, afim de honrar, exaltar, glorificar a Ele e não a si próprio.
Podemos observar que todo ministério demandará um esforço, e a qualidade do trabalho dependerá tamanho do esforço empregado no mesmo, o que consequentemente influenciar nos resultados.

Vejamos abaixo muitos exemplos de servos de Deus que exerceram seus ministérios com muito vigor e abnegação, ou seja sem qualquer pretensão de retorno próprio, renunciando a si mesmos, o que possibilita até hoje muitos serem alcançados pelos seus feitos, assim como também nós fomos.

Noé sendo chamado para um trabalho árduo que durou cem anos.
"Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra. Faze para ti uma arca da madeira de gofer; ..." Gênesis 6:13,14

Abrão foi incumbido de um desafio, um esforço, o qual até hoje nos abençoa, e tem abençoado a muitos.
Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. Gênesis 12:1

Moisés é chamado para um trabalho, uma missão difícil.
Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó para que tires o meu povo (os filhos de Israel) do Egito. Êxodo 3:10

Jesus chamando seus discípulos para o trabalho.
E Jesus, andando junto ao mar da Galiléia, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores; E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Então eles, deixando logo as redes, seguiram-no. Mateus 4:18-20

Paulo chama atenção dos irmãos de corintos para perseverança no trabalho para a obra do Senhor.
Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1 Coríntios 15:58

Paulo implora a Timóteo que ele se esforçasse, insistisse na pregação do Evangelho do Senhor Jesus em todo tempo.
Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. Tu pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra. 2 Timóteo 2:1-4

Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina; Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. 2 Timóteo 4:1,2,5

Jesus não deixa dúvidas do porque de nos ter chamado para sua palavra.
Assim ele disse: "O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer. João 15:12-15"

Não foi mencionado aqui os esforços de Pedro, Paulo, João e tantos outros, os quais não viveram para si mesmos, mas abriram mão de suas vidas para que o Nome de Jesus fosse glorificado.

Reflexão:
Diante das verdades expostas, ficam as perguntas:
Sou de fato um servo de Deus?
Como tenho servido?
Que serviço tenho prestado ao meu Senhor?
Se ele é meu Senhor, porque tantos questionamentos?
Entendo qual o significado de ser servo?


Conclusão:
O versículo 15 de João 15 nos diz "Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer."
O texto acima não nos deixou livres de ter que trabalhar, ou seja, não estamos desobrigados de servir, pelo fato do Senhor nos chamar de amigos, na verdade a revelação que o Senhor Jesus nos tem dado é para que o sirvamos melhor, com mais qualidade, mais afinco, pois no versículo 14 do mesmo capítulo, Nosso Senhor disse: "Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.".
Diante desta afirmação podemos garantir que a transparência do Nosso Senhor para conosco, é para que o sirvamos melhor, o obedecendo e trabalhando na sua Obra, enfim, fazendo o que ele nos manda.

Que Deus abençoe a cada um, e que sejamos transformados pela renovação do nosso entendimento, Romanos 12:2

Deixe seu comentário

Preencha os campos abaixo para comentar

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite seu comentário
Igrejas que Militam na Obra em Restauração 2021 - Todos os Direitos Reservados